Entrevistas

A LPM faz moving forward com as Stories. E a Ana conta porquê

As LPM Stories, um feed de casos reais que evidenciam a inovação e o impacto de projetos de comunicação com clientes de vários setores, espelham o novo posicionamento da LPM, de que faz igualmente parte uma atualização da imagem. Em entrevista, a diretora-geral de Clientes e Desenvolvimento, Ana Martins, explica os porquês por trás da estratégia.

segunda-feira, 10 outubro 2022 12:13
A LPM faz moving forward com as Stories. E a Ana conta porquê

Briefing | Qual é a story da LPM?

Ana Martins | Todos os dias temos stories que demonstram eficácia e diferenciação no processo e no resultado de projetos de comunicação. O que estamos agora a fazer é a dar-lhes vida na ótica da observação de tendências e práticas, de avaliação e de inspiração. Partilhamo-las entre as nossas equipas, com os nossos clientes e com o mercado, porque evidenciam o papel absolutamente estratégico e capilar do pensamento em Public Relations, porque gostamos muito do que fazemos, de inovar, arriscar, aprender e melhorar sucessivamente.

No cerne desta partilha está a story da nossa missão: a excelência do pensamento e execução em Public Relations e Comunicação, em permanente modo de inovação, com impacto.

Porquê este posicionamento agora?

Assinalámos os 35 anos da LPM com a mensagem de que todos os dias começamos de novo, com a potência de recomeçar todos os anos, 35X. Agora, fazemos um moving forward: atualizámos o verde do nosso logótipo, mais aberto, gradiente, em linha com o espírito da LPM de seriedade, dinamismo e modernidade, mas também com o mundo e as pessoas – o ambiente, a evolução, a fluidez, a transformação. Alicerçado na House of PR, que simboliza a integração das competências que temos no grupo, cada vez mais evidente e eletrizante. Este músculo e este rasgo são o nosso ADN e o drive que a Catarina Vasconcelos, a nossa diretora-geral, e o João Paixão, o nosso administrador executivo, imprimem diariamente na gestão, inovação e na liderança das equipas. É também o que faz com que continuemos a participar nos melhores e mais sofisticados projetos de comunicação com os nossos clientes.

E é desse movimento que nascem as LPM Stories?

Sim, desse movimento nascem as LPM Stories, estudos de caso que tocam todas as competências do grupo, narrados pelos respetivos líderes na LPM, e que são uma forma viva de olharmos para os resultados e para os processos, aprendermos com eles e inspirarmo-nos. A avaliação em Comunicação é decisiva quando se analisam os outcomes, mas incide também sobre o processo, a ligação do problema ou oportunidade à resposta, à capacidade de compreender o contexto, de executar, antecipar e gerir imprevistos pelo caminho, conseguir a mudança pretendida sem deixar de corresponder às expetativas dos públicos.  Criar boas stories, seguindo este fio condutor, é a principal matéria comum no nosso grupo, seja em Public Affairs ou no Digital, na Assessoria Mediática ou na Ativação de Marca, na Gestão de Crise ou na Criatividade – ou em muitas stories que têm todas essas skills.

O que podemos esperar ver nestas stories?

Um reflexo do que são alguns dos grandes desafios de comunicação das marcas e organizações nos dias de hoje e da robustez e competência das nossas equipas, lideradas por key players muito experientes em Consultoria de Comunicação em todos os setores relevantes e unidos por uma cultura de excelência e de inovação em Public Relations. Arrancamos com stories nas áreas de Grande Consumo, Cultura, Transportes, Saúde, Sustentabilidade, Desporto, algumas delas aliás vencedoras de prémios, num feed que vamos continuar a alimentar no nosso site e no LinkedIn.

Como está a Consultoria de Comunicação na LPM em 2022?

Este moving forward assinala também aquela que é uma afirmação do nosso Statement of Work, o compromisso da LPM e, no fundo, a nossa posição quanto ao scope do trabalho no dia a dia com os nossos clientes. A Consultoria de Comunicação é tão mais eficaz quanto melhor consiga integrar estratégias com declinação a diferentes níveis, seja na relação com os media, em plataformas de advocacy ou no Tik Tok. A ideia de separar tudo em gavetas muito arrumadas contribuiu para a especialização, que é muito importante, mas, se for perpetuada, deixa espaço para entropias à coerência na comunicação e na ação, que é absolutamente essencial nos dias de hoje e foco do escrutínio atento e informado dos públicos. O nosso Statement of Work integra a Consultoria, a Assessoria Mediática, os Public Affairs, a Comunicação Interna, a Comunicação para a Sustentabilidade, disciplinas desde sempre muito relevantes no percurso da LPM, com o Digital, que se desenvolveu exponencialmente desde 2014 e tem hoje a seu cargo a gestão de mais de 60 páginas de redes sociais, ao mesmo tempo que estamos a construir um metaverso, e a Criatividade, potenciada pela integração transversal nos projetos do Jorge Teixeira, um peso pesado e premiado da publicidade.

Como se operacionaliza essa relação no dia a dia?

Não significa que temos necessariamente de operacionalizar todas essas vertentes com todos os clientes (embora já o façamos para muitos deles), mas o pensamento estratégico e aconselhamento abrangem certamente todas elas. As equipas são multidisciplinares: lideradas por um diretor de cliente, integram profissionais especializados nessas diferentes competências. Os clientes contam ainda com reuniões mensais de aconselhamento com os líderes de skills complementares do grupo – Social People, Vídeo, Visual, Content, Shopper e Ativação, Eventos e 2050 (Sustentabilidade). Com muitos clientes que reconheciam a importância deste pensamento integrado, sempre trabalhámos desta forma. O nosso compromisso é que seja com todos os clientes, porque isso contribui para um maior sucesso dos programas de comunicação e uma melhor performance das marcas e organizações.

 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

segunda-feira, 10 outubro 2022 13:59

bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing